O arquipélago de Cabo Verde encontra-se na lista dos 10 países africanos com maior taxa de penetração do uso da internet, posicionando-se mesmo em sétimo lugar com 34,7% de penetração registados em 2012. Os   dados   constam   do   relatório   anual   das   Tecnologias   da   Informação   e Comunicação (TIC ́s) da  União Internacional das Telecomunicações (UIT), e foram   divulgados   também   pelo   Núcleo   Operacional   para   a   Sociedade   de Informação (NOSI) de Cabo Verde.

Face a 2011 isto representa um aumento de 2,7% da taxa de penetração uma vez  que  no relatório  de  2011 a taxa  de  penetração  da internet em Cabo Verde encontrava-se na fasquia dos 32.0%. Informações disponibilizadas pelo NOSI avançam que o estudo “mostra que o  acesso  da   população   às   TICs   continua   a   acelerar   em   todo   o   mundo, impulsionado por uma queda constante nos preços dos serviços de telefonia e de internet banda larga”.

Essa baixa de preços também se veio a registar no arquipélago devido à concorrência gerada  nos  últimos   anos,   com   a   entrada   de   uma   nova operadora de Telecomunicações no mercado. Por  isso,   para   o   NOSI   é   visível   o   aumento   “considerável”   da   taxa   de penetração   do   uso   da   internet,   nos   últimos   anos,   uma   vez   que   se compararmos com os 1.6% registados em 2000, e os 20% de penetração em   2008,   passamos   agora   para   34,7%   em   2012.   Cerca de  14,7%,  em apenas quatro anos.

“Estes indicadores se explicam, em parte, pela aposta que tem sido feito em garantir a  acessibilidade  para  todos,  nomeadamente, através  do Projecto Konekta (Praças Digitais), que têm possibilitado o acesso gratuito à internet em mais de 38 praças já existentes e espalhadas por todo o país”.

Segundo o mesmo relatório em África a liderança em termos de taxa de   penetração   do   uso   de   internet   vai   para   Marrocos   (55%),   seguido   das Seychelles (47.1%) e Egito (44.1%). Depois vem a África do Sul (41.0%), Tunísia (41.4%), Ilhas Maurícias (41.4%), Cabo Verde (34,7%), seguido da Nigéria (32.9%), do Sudão (21.0%) e do Senegal (19.2%).

Já ao nível da CPLP, Portugal lidera com 64.0%, seguido do Brasil (49.0%) e Cabo Verde 34.7%,   no   terceiro   lugar.   Depois vem Angola (16.9%), Moçambique (4.8%) e Guiné-Bissau (2.9%).

Em   termos   globais,   a   nível   mundial   a   lista   é   liderada   pela   Noruega   com 95.0% de taxa de penetração do uso de internet entre a população e na cauda da tabela está a Eritreia com 0.8%.

 

Comentários

comentários