Este post foi originalmente publicado neste site

 

 

Nota prévia: Acho um piadão ao concurso “Quem é o mais endividado“. Os departamentos de comunicação dos clubes fazem um esforço enorme para branquear quem lhes paga. Ridículo e perigoso. 
Enquanto isso, os clubes estão todos endividados enquanto os empresários/intermediários enriquecem a olhos vistos, como tem sido revelado ao pormenor pelo Football Leaks.
———————————- 
Não é por acaso que Luis Filipe Vieira anda em digressão a tentar fechar uma venda que lhe permita até dia 31 de Janeiro fazer face aos compromissos financeiros mais urgentes do clube.
Não era preciso este relatório da UEFA para saber que a situação financeira do Benfica é preocupante.
A excessiva dependência de receitas extraordinárias fragiliza o clube. Mas mais fragilizado fica quando o responsável de comunicação do clube vem dizer que o Benfica vem diminuindo a dívida de forma consistente. Isso não é verdade.
É um facto que a diferença do Benfica para os outros 2 maiores clubes portugueses é a capacidade de originar receita devido à força da Marca Benfica e da sua imensa massa adepta.
Por outro lado, nada parece chegar para que o endividamento do clube(clube,sad,empresas) pare de crescer.
Nunca o Benfica teve tantas receitas de publicidade, patrocínios e outros proveitos. Mesmo assim não chega.
O Benfica tem vendido jogadores por números bombásticos. Não só esses valores diminuem drasticamente antes de chegar aos cofres do clube, como também nada é suficiente.
Domingos Soares de Oliveira e Luis Filipe Vieira têm baseado a sua gestão num crescente endividamento, variando apenas a origem do mesmo. 
É um constante “chutar para a frente” como no caso do Estádio da Luz, que era para estar pago em 2012/2013 e agora já só o estará em…2024!
A política de endividamento sem tecto ou limite teve os resultados nefastos nas dívidas soberanas e em imensas empresas cuja saúde se “anunciava” como de ferro.
Quem é que daqui a 10 anos cá estará para lidar com o monstro que é esta dívida? 
Se com receitas enormes de transferências não se diminui o passivo como alguma vez o vão conseguir?  
 

Comentários

comentários